FCC FacebookTwitterYoutube

Logo GOV SC 2019 Colorido

O Sistema Estadual de Museus - SEM/SC informa que está temporariamente desativada a atualização de seu blog (http://blogdosemsc.blogspot.com), criado no início deste ano.

Todas as notícias, cursos e editais de fomento à area de museus serão disponibilizadas no site da Fundãção Catarinense de Cultura - Patrimônio Cultural (www.fcc.sc.gov.br/patrimoniocultural).

Atenciosamente,

A Coordenação - SEM/SC

Acontece nos dias 22, 23 e 24 de setembro de 2010, no Museu Oscar Niemayer (Curitiba/PR), o Fórum Internacional de Conservação: do moderno ao contemporâneo.

O evento pretende contribuir para ampliar a troca de informações entre especialistas, curadores, cientistas, artistas e restauradores, além de incentivar processos de formação e capacitação de recursos humanos.

É objetivo, também, dos organizadores destacar as práticas de conservação adotadas por museus e instituições privadas na atualidade e incentivar uma reflexão sobre a obra e o artista, discutir as mudanças das concepções museológicas provocadas pela arte contemporânea de caráter efêmero e experimental. Os debates em sua essência tratarão da conservação, desde as questões deontológicas em relação ao artista e ao seu projeto de arte, concepção e conservação, com ênfase nos desafios para o restaurador e para a conservação preventiva, considerando os espaços expositivos e de armazenamento. 

A segunda etapa da reflexão do Fórum tratará da responsabilidade profissional e do cidadão no processo de fortalecimento e revitalização da cultura brasileira, objetivando a troca de experiências entre pesquisadores e cientistas, reservada as comunicações para o estudo de casos e artistas, ou seja, será criado um espaço de debate para incluir toda a cadeia produtiva e possibilitar aprofundamento dos eixos conceituais propostos.

Mais informações, acesse: http://www.forumartecontemporanea.com/

A coordenação da Rede de Eduicadores em Museus informa que já está organizando o 3º encontro de estudos, no qual dará continuidade ao tema "Museu e seus diferentes públicos" (iniciado no segundo encontro). Assim, programem-se, pois ele acontecerá no dia 30 de agosto, das 13h30min  às 17h30min, novamente no Museu Victor Meirelles.  
 
O museu fica localizado à Rua Victor Meirellles, 59 - Centro - Florianópolis. A participação é gratuita e aberta a todos os interessados.
 
Para os interessados em conhecer um pouco mais sobre as experiências de outras REMs, segue o  site da REM  Nacional, no qual encontrarão informações nos respectivos blogs dos estados, inseridos no mapa: . 

Foi aberta no último dia 16 de novembro, no auditório II do prédio do Siccob/MaxiCrédito, em Chapecó, a exposição Alfa/MaxiCrédito: História & Memória, com o objetivo de divulgar os trabalhos que estão sendo realizados e envolver toda a comunidade institucional e externa no projeto. A mostra segue aberta até 30 de janeiro de 2013, com visitação das 8h30min às 11h30min e das 12h30min às 17h.

O trabalho de dois anos, em parceria com o CEOM/Unochapecó, encerrou-se em outubro e trouxe resultados de encher os olhos de muitos cooperativistas. Durante o período de mapeamento, reunião de acervos e curadoria de documentos e objetos, o Centro de Memória Alfa/MaxiCrédito contou com a assessoria técnica dos historiadores Ademir Salini, Aline Lubenow, Elisandra Forneck e do museólogo Idemar Ghizzo. Também foram desenvolvidas ações de divulgação dos trabalhos para associados, funcionários e comunidade sobre a importância da valorização e preservação da história das cooperativas.

Para Romeo Bet, presidente da Cooperalfa, muitos fatos da trajetória das instituições estavam sendo perdidos. "Vamos manter a história das duas cooperativas que são exemplo para muitos outros, pois, além de ser um resgate, é também olhar o lado social", explica. Mirian Carbonera, responsável pelo CEOM/Unochapecó, agradeceu a confiança na equipe para a realização das atividades e colocou a instituição a disposição. "Atividades de extensão fortalecem a inserção da universidade na comunidade, marcando também o compromisso com o desenvolvimento cultural regional", destaca.

As cooperativas

A Cooperalfa, oficialmente fundada em 29 de outubro de 1967, atualmente com cerca de 16 mil famílias associadas e a MaxiCrédito, criada em 16 de novembro de 1984, que atende mais de 36 mil cooperados, hoje percebem um significado rico e valioso no trabalho desenvolvido pelo Centro de Memória. O objetivo principal é preservar e valorizar a memória e história das instituições e do cooperativismo.

Fonte: Informações do Projeto Centro de Memória Alfa/Maxi