Logo GOV SC 2019 Colorido

tac

A importância da preservação do Patrimônio Histórico e Cultural está ligada à memória e identidade de uma sociedade, gera um sentimento de pertencimento, traz autoestima e engajamento da população.

Conhecer a sua própria história, sua própria cultura é de suma importância para uma sociedade saudável. A memória estabelece um vínculo entre as gerações e o tempo, possibilitando que as pessoas se vejam como sujeitos da história, com direitos e também deveres para com a sociedade onde estão inseridas.

Nesse sentido, buscamos uma forma de aproximar a população de sua história por meio do projeto “Ô De Casa!”, com o objetivo de trazer informações sobre os bens tombados pela FCC, contando um pouco da história de cada um, informando sua localização nos municípios e permitindo um “passeio virtual” por esses bens, com o auxílio do Google Earth e de fotografias.

O tombamento é uma ação administrativa do Poder Executivo que começa pelo pedido de abertura do processo, por iniciativa de qualquer cidadão ou instituição pública. Qualquer pessoa física ou jurídica pode solicitar aos órgãos responsáveis pela preservação o tombamento de bens culturais ou naturais.

Esse processo, após avaliação técnica preliminar, é submetido à deliberação dos órgãos responsáveis pela preservação. Caso seja aprovada a intenção de proteger um bem cultural ou natural, é expedida uma notificação ao seu proprietário.

A partir dessa notificação, o bem já se encontra protegido legalmente, contra destruições ou descaracterizações, até que seja tomada a decisão final, terminando o processo com a inscrição no Livro do Tombo e comunicação formal aos proprietários.

Para abertura de processo de tombamento e intervenções em bens tombados e em seu entorno, acesse as informações aqui.


Conheça alguns bens tombados de Santa Catarina ou
baixe a lista completa