FCC FacebookTwitterYoutube

Logo GOV SC 2019 Colorido

O Museu Histórico de Santa Catarina, sediado no Palácio Cruz e Sousa, recebe na próxima quarta-feira, 29, um ato solene pela passagem do Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto. O evento é promovido pela Associação Israelita Catarinense e Consulado Geral de Israel.

Em sua 42ª sessão plenária, em 2005, a Assembleia Geral da ONU aprovou Resolução instituindo o dia 27 de janeiro como o Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto. A resolução rejeita qualquer questionamento de que o Holocausto tenha sido um evento histórico, e enfatiza o dever dos Estados-membros de educar futuras gerações sobre os horrores do genocídio e condenar manifestações de intolerância ou violência baseadas em origem étnica ou crença.

A data de 27 de janeiro foi escolhida em função de ter sido neste dia, do ano de 1945, que tropas soviéticas libertaram Auschwitz - uma das datas das quais a humanidade não deve nunca se esquecer. Em 2020 completam-se 75 anos deste fato e, por isso, diversas homenagens ao redor do mundo lembrarão a libertação do maior campo de extermínio nazista. Em suas câmaras de gás e crematórios foram mortas pelo menos um milhão de pessoas.

A Associação Israelita Catarinense (fundada em julho de 1990, e declarada de utilidade pública municipal por meio do projeto 4305 de 04 de março de 1994, e também a nível estadual, pela Lei nº 9.373 de 14 de dezembro de 1993, ratificada pela Lei nº 16.733, de 15 de outubro de 2015) junta-se às entidades que estarão homenageando esta data, com o apoio do Consulado Geral de Israel em São Paulo.

 

Para atender o grande número de visitantes diários no Museu Histórico de Santa Catarina / Palácio Cruz e Sousa, serão realizadas visitas guiadas com grupos de 25 pessoas em quatro horários: 10h30, 13h30, 15h e 16h30. 

Assim que passam pela bilheteria, os visitantes são informados sobre a formação dos grupos. As vagas são preenchidas por ordem de chegada. 

A iniciativa é um projeto piloto para melhorar a experiência do público. Vale destacar que no dia 02 de janeiro, quinta-feira, o Museu Histórico recebeu a visita de duas mil pessoas.

Estão em cartaz as exposições Cadeiras do Palácio, Ponte Hercílio Luz, Do Gabinete ao Gabinete e Jorge Lacerda, uma visão para o futuro.

O Projeto Yoga no Palácio entrou em recesso e as aulas retornam em 2020, a partir do mês de março.

O projeto Yoga no Palácio é uma parceria da Fundação Catarinense de Cultura (FCC), administradora do espaço, e do Curso de Extensão Projeto Práticas Corporais do Centro de Desportos da Universidade Federal de Santa Catarina (CDS/UFSC). Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (48) 3665-6363.

O Museu Histórico de Santa Catarina (MHSC) terá novas exposições a partir da próxima semana. A exposição "Ponte Hercílio Luz" ocorre no momento em que a ponte é reaberta, após o período de restauro. A proposta é convidar a população a conhecer a história e a memória desta obra, um patrimônio histórico e artístico com reconhecimento municipal, estadual e nacional. A mostra terá fotografias, equipamentos e fragmentos originais removidos durante o restauro. A exposição, que ficará em cartaz de 18 de dezembro de 2019 a 30 de abril de 2020, foi realizada a partir de uma parceria entre Fundação Catarinense de Cultura (FCC), por meio do MHSC, Secretaria de Infraestrutura e Mobilidade, Arquivo Público de Santa Catarina e Hemeroteca Digital Catarinense. 

A estrutura da Ponte Hercílio Luz teve sua construção iniciada em 1922, com inauguração em  13 de maio de 1926. Essa ligação entre ilha e continente viabilizou transformações econômicas e sociais na cidade, além de modificar a paisagem urbana. 

Já a exposição "Cadeiras do Palácio" aborda formas e estilos de cadeiras que foram produzidas para uso no Palácio de Governo de Santa Catarina, datadas do fim do século XVIII até o início do século XX. A mostra ficará em cartaz do dia 18 de dezembro de 2019 até 03 de março de 2020.

Ainda no dia 18 de dezembro será aberta a exposição "Do Gabinete ao Gabinete, com fotografias, objetos e documentos que contam a história do governador Antônio Carlos Konder Reis. Serão abordados aspectos da vida pessoal e profissional e suas relações com as cidades de Florianópolis, Itajaí e Penha. Konder Reis nasceu em Itajaí em 1924, ultrapassando meio século de vida pública. Foi governador entre 1975 e 1979, período em que foram criados o MHSC e a FCC.

Ainda contando a história de um governador, permanece em cartaz a exposição "Jorge Lacerda, uma visão para o futuro", aberta no dia 11 de dezembro. A mostra terá visitação durante toda a temporada de verão, até 11 de março de 2020. Durante o período, turistas e moradores de Florianópolis têm a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre a memória catarinense, por meio de paineis, objetos, livros e conteúdo audiovisual que transitam pelos principais momentos da vida do ex-governador.

O horário de atendimento do MHSC é de segunda a sexta-feira das 10h às 18h, aos sábados e domingos das 10h às 16h. O espaço está localizado no Palácio Cruz e Sousa, na Praça XV de Novembro, 227, Centro de Florianópolis.

 

Serviço

:: Exposição "Ponte Hercílio Luz"
Local: Museu Histórico de Santa Catarina / Palácio Cruz e Sousa
Endereço: 
Praça XV de Novembro, 227, Centro de Florianópolis
Visitação: de 18 de dezembro de 2019 a 30 de abril de 2020
Horário de atendimento: segunda a sexta-feira das 10h às 18h, sábados e domingos das 10h às 16h
Classificação indicativa: livre.

:: Exposição Cadeiras do Palácio
Local: Museu Histórico de Santa Catarina / Palácio Cruz e Sousa
Endereço: Praça XV de Novembro, 227, Centro de Florianópolis
Visitação: de 18 de dezembro de 2019 a 03 de março de 2020
Horário de atendimento: segunda a sexta-feira das 10h às 18h, sábados e domingos das 10h às 16h
Classificação indicativa: livre.

 

:: Exposição Do Gabinete ao Gabinete
Local: Museu Histórico de Santa Catarina / Palácio Cruz e Sousa
Endereço: 
Praça XV de Novembro, 227, Centro de Florianópolis
Visitação: de 18 de dezembro de 2019 a 26 de abril de 2020
Horário de atendimento: segunda a sexta-feira das 10h às 18h, sábados e domingos das 10h às 16h
Classificação indicativa: livre.

Atenção aos horários de fim de ano:

Fechado nos dias 23, 25 e 30 dezembro e 1º de janeiro
Nos dias 24 e 31, abre das 9 às 13h
Nos dias 26 e 27, atendimento normal, das 10h às 18h
Nos dias 28 e 29 abre das 10h às 16h.

  

Ingressos:

Inteira: R$ 5. Meia-entrada: R$ 2, mediante comprovação, para estudantes; menores de 18 anos; doadores de sangue registrados em hemocentros de Santa Catarina; professores exercendo docência nos níveis infantil, fundamental e médio. Entrada gratuita, mediante comprovação, para professores acompanhando a turma; crianças com idade inferior a 5 anos; pessoas com deficiência; maiores de 60 anos; guias de turismo. Aos domingos, a entrada é gratuita para todos.

 

 

 

 

 

 

Nesta sexta-feira, 13, o Museu Histórico de Santa Catarina (MHSC) sedia o evento "Diagnóstico do Acervo - Projeto de Inventário do MHSC". A atividade acontece a partir das 15h, no auditório do Palácio Cruz e Sousa, sede do espaço cultural.  O evento é digirido a estudantes de museologia, museólogos, historiadores, colecionadores e demais interessados no assunto. Durante o encontro será apresentada a experiência de realização de inventário e organização do acervo do MHSC, processo que deve durar até 2020.

O evento será apresentado pela museóloga Rosana Andrade Dias do Nascimento, pelo estagiário Eugênio Pelegrin, pela funcionária Kellen Shimizu e pela restauradora Márcia Escortegagna. A coordenação é do Núcleo de Museologia e do Núcleo de Conservação e Restauro do MHSC. A atividade é gratuita e não é necessário fazer inscrição.