MASCFacebookInstagram

O acervo do Museu de Arte de Santa Catarina (MASC) foi formado a partir da Exposição de Arte Contemporânea, trazida a Florianópolis em 1948 pelo escritor carioca Marques Rebelo. A mostra, que na época repercutiu na cidade, foi apresentada no Grupo Escolar Modelo Dias Velho, hoje Escola Básica Antonieta de Barros, no centro da cidade, deixando, na oportunidade, importantes doações por parte do próprio escritor, de artistas participantes e aquisições oficiais.

A ideia de Marques Rebelo era que a exposição frutificasse e desse origem a um museu. Com o apoio de um coletivo de intelectuais de Florianópolis conhecido por Grupo Sul, o objetivo do escritor foi alcançado e, a 18 de março de 1949, o Decreto Estadual nº 433 criou  o Museu de Arte Moderna de Florianópolis (MAMF), atual Museu de Arte de Santa Catarina (MASC).

O núcleo inicial de 20 obras foi crescendo ao longo das décadas, graças a doações de artistas, empresas e colecionadores, e por meio de aquisições. Atualmente, o acervo do MASC conta com cerca de 2 mil obras. As premiações dos Salões Nacionais Victor Meirelles também permitiram ampliar a aquisição de obras contemporâneas.

A produção catarinense está representada, entre outros, por obras de Eduardo Dias, Malinverni Filho, Martinho de Haro, Hassis, Eli Heil, Meyer Filho, Rodrigo de Haro, Elke Hering, Rubens Oestroem, Fernando Lindote, Luiz Henrique Schwanke e Juarez Machado, formando uma verdadeira retrospectiva da arte de Santa Catarina. Na coleção nacional, figuram nomes como Di Cavalcanti, Cândido Portinari, Djanira, Emeric Marcier, Alfredo Volpi, Tarsila do Amaral, Guignard, José Pancetti, Carlos Scliar, Iberê Camargo, Tomie Ohtake, Aldo Bonadei, Mário Zanini, Lula Cardoso Ayres, Frans Krajcberg, Antonio Maia, Marcelo Grassmann, Fayga Ostrower, Antonio Henrique Amaral e Lívio Abramo.

No ano em que comemora 70 anos, o Museu abre espaço para o acervo com a exposição de longa duração Coleção MASC 70 anos, que apresenta uma seleção significativa de artistas numa montagem de obras agrupadas por temas, permitindo observar a pluralidade de abordagens sobre assuntos semelhantes.

NÚCLEO DE CONSERVAÇÃO E ACERVO
Horário de atendimento: das  13h às 19h
Contato: +55  (48) 3664-2634
E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.