FCC FacebookTwitterYoutube

Prestes a completar 165 anos de criação, a Biblioteca Pública de Santa Catarina (BPSC) terá programação especial na última semana de maio. As atividades comemorativas iniciam no dia 27, segunda-feira, com a abertura de uma exposição que conta a história da instituição cultural mais antiga do estado. As ações também integram a programação de aniversário da Fundação Catarinense de Cultura (FCC), que completou 40 anos.

A agenda comemorativa terá rodas de conversa, visitas guiadas, palestras, leitura inclusiva, oficinas, contação de histórias, teatro, lançamento de livro, doações de obras e declamação de poesia. Além disso, será entregue a digitalização de 50 anos do Jornal O Estado, na capital.  A solenidade de abertura contará com apresentação do Coral do IFSC, no dia 27, às 13h.

:: Clique e confira a programação de 165 anos da BPSC

A programação comemorativa aos 165 anos da Biblioteca é aberta ao público, porém, algumas atividades têm vagas limitadas. Para fazer a inscrição é necessário entrar em contato com a administração, pelo telefone 48 3665 6420.

 

 A história

A Biblioteca Pública de Santa Catarina foi criada em 1854, quando o então presidente da província, João José Coutinho, sancionou a Lei nº 573, em 31 de maio. No entanto, somente em 09 de Janeiro de 1855 é que foi oficialmente inaugurada. Com base na sua data de criação, é possível supor que seja uma das bibliotecas mais antigas do Brasil.

Operando no prédio atual desde 1979, o espaço conta, atualmente, com um acervo formado por títulos de diversas áreas do conhecimento, em suportes variados, além de uma coleção de periódicos e uma de obras raras. Sua missão é manter, conservar e disponibilizar parte da memória cultural do estado para a população catarinense, além de promover o hábito da leitura junto a ela.  

Está localizada na área central da capital catarinense, na Rua Tenente Silveira, n. 343. O horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 19h e aos sábados, das 8h às 11h45.

 

Ascom FCC