FCC FacebookTwitterYoutube

Logo GOV SC 2019 Colorido

De 2 a 4 de março, a Sessão Cinemática apresenta longas brasileiros com o tema Entre Bordas e Delicadezas. Serão exibidos os filmes Na Cidade Onde Envelheço, Lembro mais dos Corvos e A Princesa do Beco e o Lampião Cromado. Todas as sessões serão precedidas de atividades de debate a partir das 19h, com a projeção dos filmes às 20h no Cinema do Centro Integrado de Cultura (CIC). A entrada é gratuita.

Nas bordas entre a ficção e o documentário existe uma linha tênue que não distingue gêneros. Quando as narrativas são sobre as existências e coexistências no mundo, o tema liga planos sobre linguagem que transborda em delicadezas narrativas. Os três filmes apresentados neste mês desconstroem as beiradas entre os gêneros de ficção e documentário.

A Sessão Cinemática é realizada em cooperação com a Fundação Catarinense de Cultura (FCC), por meio do Museu da Imagem e do Som de Santa Catarina (MIS), apoio Videcamp e Vitrine Filmes. Programação, produção e texto de Pedro MC. Organização Claudia Aguiyrre e Chico Caprário.

Programação:

02/03 (segunda-feira):
19h: Abertura com atividades de leitura e convidado(a)s para conversa.
20h: Exibição do filme:

A cidade onde envelheco 2Na Cidade Onde Envelheço
Ano: 2016
Direção: Marilia Rocha
Classificação: 12 Anos
Sinopse: Quarto longa da cineasta mineira, o primeiro de ficção após uma carreira prestigiada de documentários. O filme inundou o Festival de Cinema de Brasília e de Biarritz na França. Duas amigas portuguesas moram em BH e se encontram em meio a indeterminações em sentidos que não as fazem nem pensar sobre namoro. A imanência é fluída sobre existirem.

 

03/03 (terça-feira):
19h: Abertura com atividades de leitura e convidado(a)s para conversa.
20h: Exibição do filme:

corvosLembro mais dos corvos
Ano: 2019
Direção: Gustavo Vinagre
Classificação 14 Anos.
Sinopse: A linguagem da ficção dá forma à conversa rodada em única locação, com a atriz Julia Katharine. Mulher trans, Julia conta na intimidade de seu apartamento como a violência inerente a sua orientação sexual, no seu crescimento como pessoa, a fez encontrar um refúgio no cinema. A fluidez entre gêneros narrativos é trabalhada pela talentosa direção, que faz transitar entre afetos e ironias as bordas de delicadeza do encontro.

04/03 (quarta-feira):
19h: Conversa com os diretores
20h: Exibição do filme:

PRINCESA FOTO 1A Princesa do Beco e o Lampião Cromado
Ano: 2017
Direção: Kurt Shaw e Rita de Cássia Oenning da Silva
Classificação 10 Anos.
Sinopse: Rodado com a comunidade de favelas do Recife a partir do olhar das crianças que ali participavam de oficina de documentário. O norte-americano Kurt Shaw, criador de oficinas de realização para melhores práticas de infância, co-dirige com sua companheira catarinense Rita de Cássia Oenning da Silva, pesquisadora com pós doutorado em estudos de arte, sociedade e cultura, em trabalho com crianças originárias na Amazônia. A ficção ganhou reconhecimento de diversos festivais e cineclubes pelo mundo, sendo reconhecido como Melhor Longa de 2017m concedido pela Subversive Cinema Society em Los Angeles, na Califórnia.O Subversive Cinema tem como objetivo reconhecer obras originais que estão fora das principais normas e tendências da indústria cinematográfica, homenageando películas que rompam fronteiras, desafiem concepções artísticas e experimentem novas formas de narrativas.


Serviço:

O quê: Sessão Cinemática - Entre Bordas e Delicadezas
Quando: de 2 a 4 de março de 2020. Atividades e debate a partir das 19h; projeção às 20h.
Onde: sala de cinema do Centro Integrado de Cultura (CIC)
Av. Gov. Irineu Bornhausen, 5600 - Agronômica - Florianópolis
Entrada gratuita
Evento no Facebook: https://www.facebook.com/events/526668374627126/

A equipe da Biblioteca de Arte & Cultura da Fundação Catarinense de Cultura (FCC) realizou na tarde dessa sexta-feira, 31 de janeiro, o sorteio para as vagas da Oficina Experimental de Textos Curtos, que terá encontros entre 06 de fevereiro e 04 de junho de 2020. 

Os nomes sorteados são:

 

Alan Jantsch
Ana Carla Bilhar
Anna Barbosa
Barbara Vitória Marques Sá dos Santos
Caroline Vetori de Souza
Cátia Wondracek Kuhn
Daiana Acordi
Fábio Dantas Amaral Lisbôa da Silva
Giovanna Petersen
Igor Furini do Amarante
Jenny De La Barrera
Julia Mantelli Copatti
Julie Christe Correa
Keylla Signorelli
Liliana Mores
Marina Luiza de Paula Boscardin
Naíra Ariana Souza Tumelero
Raisa Cechin Trilha


Os nomes sorteados para a lista de espera são:

Gabriela Favero
Jane Vieira da Rocha
Lucia Malnati Panariello
Lucas Cavalheiro de Oliveira
Marcelo Luiz Zapelini
Leticia Marcela Coelho
Gabrielle Correa
Sofia d'Avila Heidenreich Lacerda
Anieli Cires dos Santos
Isabele Sartor


Os encontros serão realizados das 17h às 19h nos dias: 

- 06/02/2020
- 05/03/2020
- 02/04/2020
- 07/05/2020
- 04/06/2020

 
 
A atividade foi viabilizada por meio de uma parceria entre a Biblioteca de Arte & Cultura da Fundação Catarinense de Cultura (FCC) e os coordenadores da oficina, Gilberto Pinto da Motta e Edna Domenica Merola.  Entre os objetivos da oficina estão a reflexão sobre alguns aspectos inerentes às linguagens: cinematográfica e da literatura contemporânea;  a produção de crônicas, contos, poemas impressos e audiovisuais digitais; vivenciar um grupo tarefa – no contexto da educação permanente – tendo por foco a conquista e a manutenção do direito à arte, pelo viés da literatura e do cinema e conhecimento das diversas formas de divulgação adequando-as à propagação das produções realizadas nas oficinas.

Atualização: Por motivos de força maior, a equipe que organiza a Sessão Cinemática precisou cancelar as sessões em homenagem aos 100 anos de Federico Fellini.

 

Nas comemorações de 100 anos de nascimento do mestre do cinema de invenção, o italiano Federico Fellini, a Sessão Cinemática exibe um filme que retrata seu mundo particular, metafórico e alegórico: o longa Satyricon. A sessão ocorre na sala de Cinema do Centro Integrado de Cultura (CIC), no dia 4 de fevereiro, às 20h, com liberação de senhas às 19h e conversa sobre o autor antes da projeção. 

No filme  Satyricon, Fellini traduz a obra de Petrônio, do século I, de forma onírica, extravagante, psicodélica, erótica e brutal, criando um retrato fascinante da decadência do Império Romano, falando muito do tempo atual.

 Programação:

 
8 E MEIO FELLINI DIVULGA 003Dia 3 de fevereiro (segunda-feira):
19h: liberação de senhas.
19h30: Material Extra sobre Fellini: Terry Gilliam apresenta, entrevista Nino Rota e Vittorio Storaro.
20h: exibição do filme 8½ (1963, 138min, Classificação indicativa: 14 anos) 
Sinopse: O diretor de cinema Guido Anselmi está prestes a rodar sua próxima obra, mas está sem ideias para o filme. Pressionado por todos, ele passa a trabalhar tanto que não consegue mais distinguir a realidade da fantasia.

 Cancelado. Agradecemos a compreensão.

 
 
SATYRICON FELLINI DIVULGA 01
Dia 4 de fevereiro (terça-feira): 
19h: liberação de senhas 
19h30: Conversa sobre Fellini 
20h: exibição do filme Satyricon (1969, 124min, Classificação indicativa: 16 anos)
Sinopse: Após seu jovem amor, Gitone, o deixar por um outro homem, Encolpio decide se matar, mas um súbito terremoto destrói sua casa antes de ele ter a chance de completar seu plano. Vagando por Roma no tempo de Nero, Encolpio encontra um cenário bizarro e surreal. Ele é convidado para uma leitura de poesias que acaba em violência, é feito refém por piratas e é forçado a lutar com um gladiador disfarçado de minotauro em um labirinto gigante.

Cancelado. Agradecemos a compreensão.

Serviço:
O quê: Sessão Cinemática - Especial Fellini 100 anos
Quando:  4 de fevereiro de 2020. Liberação de senhas às 19h; conversa com o público às 19h30; sessões às 20h.
Onde: Sala de Cinema do Centro Integrado de Cultura (CIC)
Av. Gov. Irineu Bornhausen, 5600 - Agronômica - Florianópolis (SC)
Entrada gratuita.
 

 

 

A programação gratuita que ocorre de quinta-feira a domingo, às 20h, na sala de cinema do Centro Integrado de Cultura (CIC) está com uma programação de filmes majoritariamente europeus e latino-americanos em fevereiro. As sessões têm entrada gratuita e são fruto de uma parceria entre a Fundação Catarinense de Cultura (FCC), administradora do espaço, e o curso de Cinema da Unisul, responsável pela curadoria dos filmes.

Programação:

De 30 de janeiro a 2 de fevereiro:

sindromes e um seculo Síndromes e um século
Direção: Apichatpong Weerasethakul
Gênero: Drama
País: França, Áustria e Tailândia
Ano: 2006
Duração: 105 minutos
Classificação Indicativa: 12 anos
Sinopse: A primeira parte se passa numa clínica rural da Tailândia. Depois de atender um velho monge budista, a Doutora Toey entrevista Nohng, um médico que começa a trabalhar com ela. Na sala de odontologia, o Doutor Ple conversa com um jovem monge que queria ser DJ. Eles falam de vidas passadas e do amor. A segunda parte acontece num moderno hospital de Bangcoc. Toey volta a entrevistar Nohng. Nas duas partes, as espelhadas narrativas, no passado e no presente, repetem-se. Rotinas que se manifestam na memória e nas sensações de felicidade, despertadas por coisas aparentemente insignificantes.

 

De 6 a 9 de fevereiro:

tom na fazendaTom na Fazenda
Direção: Xavier Dolan
Gênero: Suspense
País: Canadá / França
Ano: 2013
Duração: 102 minutos
Classificação Indicativa: 14 anos
Sinopse: O jovem Tom está em depressão após a morte de seu namorado. Ele viaja até o campo para o funeral, mas ninguém da família do falecido sabe sobre sua existência. Por conta das circunstâncias, e do irmão de seu namorado que tenta esconder da mãe a opção sexual do morto, Tom é levado a interpretar o papel de alguém que ele não é, a fim de preservar o segredo. No entanto, a situação se complica e a verdade pode vir à tona a qualquer momento.


De 13 a 16 de fevereiro:

PlaytimePlaytime - Tempo de Diversão
Direção: Jacques Tati
Gênero: Comédia
País: França / Itália
Ano: 1967
Duração: 124 minutos
Classificação Indicativa: Livre
Sinopse: O senhor Hulot tem que se encontrar com um oficial americano em uma versão high-tech de Paris, mas acaba por se perder no meio do labirinto urbano que a moderna e fria arquitetura causou. Seguindo uma excursão turística de americanos, ele anda pela cidade procurando traços de humanidade e cor em uma metrópole futurista e cinzenta.

 


De 20 a 23 de fevereiro:

carnaval em lá menorCarnaval em lá menor
Direção: Luiz Carlos Lucena
Gênero: Documentário
País: Brasil
Ano: 2014
Duração: 72 minutos
Classificação Indicativa: Livre
Sinopse: Carnaval em lá menor é um documentário temático sobre o mundo das crianças envolvidas nos desfiles das escolas de samba. O filme entrou no coração das escolas do Rio de Janeiro e de São Paulo para encontrar seus personagens e mostrar como vivem essas crianças que sambam desde que começam a ficar em pé. Um universo de beleza, realizações e sonhos daqueles que um dia serão os artistas do Carnaval.

 

 

De 27 de fevereiro a 1º de março:

medianerasMedianeras: Buenos Aires na Era do Amor Virtual
Direção: Gustavo Taretto
Gênero: Romance, Comédia
País: Espanha, Argentina, Alemanha
Ano: 2011
Duração: 95 minutos
Classificação Indicativa: 12 anos
Sinopse: Martin está sozinho, passa por um momento de depressão e não se conforma com a maneira com a cidade de Buenos Aires cresceu e foi construída. Web designer, meio neurótico, pouco sai e fica grande parte do tempo no computador. É através da internet que conhece Mariana, sua vizinha também solitária e desiludida com a vida moderna numa grande cidade.

Foi divulgada a programação de fevereiro do Cineclube Infantil. As sessões ocorrem aos ábados, às 16h, na Sala de Cinema do Centro Integrado de Cultura (CIC), com entrada gratuita. O destaque é o dia 28, que terá uma oficina de origami a partir das 15h, antes da exibição do fime Meu Amigo Totoro.

Confira a programação:

1 de fevereiro

Kiriku e a feiticeira (de Michel Ocelot, animação, França, Bélgica e Luxemburgo, 1988, 71min
Sessão Longa-Metragem Internacional (71min)
Classificação: Livre

Ao saber que a vila onde mora na África está sendo ameaçada por um ser maligno, uma criança pequena e seu tio guerreiro decidem lutar contra a força do mal. Na batalha para salvar a vila eles encontram novos amigos e enfrentam muitos inimigos.

 

8 de fevereiro

Peixonauta, o Filme (de Célia Catunda, Kiko Mistrorigo e Rodrigo Eba, animação, Brasil, 2016, 77min)

Classificação Livre
Doutor Jardim não retorna de uma visita à cidade, e Peixonauta, Marina e Zico partem do Parque das Árvores Felizes para resgatá-lo. Quando chegam lá, algo muito estranho está acontecendo: todos os habitantes da cidade sumiram. Para conseguir solucionar esse grande mistério, Peixonauta terá que contar com a ajuda da O.S.T.R.A. (Organização Secreta para Total Recuperação Ambiental) e de todos seus amigos para solucionar a sua mais importante missão.

 

15 de fevereiro

Lotte e o segredo da pedra da lua (LottejaKuukiviSaladus) de HeikiErnits e JannoPõldma. Animação, Estônia e Letônia, 2011, digital, 75min.

Classificação Livre

Uma noite, dois estranhos entram rastejando em Gadgetville, em busca de uma mala pertencente a Klaus, o velho cão viajante, e são surpreendidos por Lotte, uma jovem cachorrinha. Aí começa uma grande aventura em busca das misteriosas pedras da Lua.

 

22 de fevereiro

Curtas Metragens Nacionais (58min)

Classificação Livre

 

Os Caçadores de Saci (de Sofia Federico, ficção, Bahia, 2005, 13’

A chácara da pacata família de Onofre vem sendo assombrada por saci: a pipoca não arrebenta, o ovo não choca, o leite sempre azeda, o feijão vive queimando na panela, entre outros estranhos acontecimentos.

 

Alma Carioca – Um Choro de Menino (de Willian Côgo, animação, Rio de Janeiro, 2002, 7min)

História de um menino que vive na zona portuária do Rio de Janeiro da década de 20 e testemunha o surgimento do Choro, quando encontra os grandes mestres pioneiros desse estilo puramente carioca.

 

Procura-se (de Iberê Carvalho, Ficção, DF, 2010, 14')

Camile está determinada a encontrar seu cachorro Bolinha, mas para encontrá-lo precisará viver a maior aventura de sua vida.

 

Salu e o Cavalo Marinho (de Cecília da Fonte, animação, PE, 2014, 14 ‘)

O filme conta a história de Mestre Salustiano, um dos artistas populares mais famosos do Brasil. Filho do rabequeiro João Salustiano, Salu logo cedo sonha em participar de um grupo de Cavalo Marinho, folguedo típico da região onde mora.

 

Escola de Ensino Fenomenal (de NelioSpréa e Levi Brandão, ficção, Paraná 2014, 10’)

Na Escola de Ensino Fenomenal as ideias das crianças são levadasa sério. Diretor Fifi é um mestre das brincadeiras e não mede esforços para apoiar os alunos em suas aventuras lúdicas. Uma grande festa está por acontecer!

 

29 de Fevereiro

Oficina de origami a partir das 15h com o grupo Amigos do Origami

Meu Amigo Totoro (de Hayao Miyazaki, animação, Japão, 1995, 90 min)

Classificação Livre

As irmãs Satsuki e Mei se mudam para o campo para ficar mais perto do hospital onde sua mãe está internada. Lá conhecem os Totoros, adoráveis criaturas místicas e alegres, que só podem ser vistas pelas crianças. Com eles, as duas irmãs viverão mágicas aventuras no campo.