FCC FacebookTwitterYoutube

Esta quinta-feira (23) terá uma nova edição da Chamber Series da Orquestra Sinfônica de Santa Catarina no palco do Teatro Álvaro de Carvalho (TAC). A apresentação começa às 20h.

Uma quinta-feira por mês, a OSSCA Chamber Series apresenta no palco do TAC uma atração. Após a edição Solo, é chegada a hora da edição Duo, com a participação do Duo Madeira.

Serviço:

O quê: OSSCA Chamber Series: Edição Duo
Quando: 23/05/2019, às 20h
Onde: Teatro Álvaro de Carvalho (TAC)
Rua Marechal Guilherme, 26 - Centro - Florianópolis
Classificação indicativa: Livre
Ingressos: R$ 40,00 inteira; R$ 20,00 meia-entrada (estudantes, idosos, pessoas com deficiência, menores de 18 anos, doadores regulares de sangue e professores); R$ 25,00 promocional (antecipado, somente com os produtores).
* Vendas nas bilheterias dos teatros.

Os trabalhos de conservação no Museu Histórico de Santa Catarina (MHSC) realizados pela arquiteta e conservadora Márcia Escorteganha, da Fundação Catarinense de Cultura (FCC), serão tema de palestra na próxima quinta-feira (23). O evento ocorrerá no auditório do Bloco 4 da Univali, Campus Balneário Camboriú.

Na palestra, intitulada Conservação & Restauro do Patrimônio Arquitetônico, Marcia vai falar a estudantes do curso de Arquitetura da Universidade sobre a experiência com o restauro da fachada do MHSC, realizado entre 2014 e 2016. Além disso, serão abordados, também, os processos de limpeza e higienização diários necessários para a manutenção do Museu, situado em edificação histórica e tombada.

Márcia é restauradora do MHSC, membro do Conselho Internacional de Monumentos e Sítios (ICOMOS), da Associação Catarinense de Conservadores-Restauradores (ACCR) e do Ateliê de Conservação-Restauração de Bens Culturais (ATECOR).

A Galeria do Artesanato da Casa da Alfândega mudará de endereço temporariamente, passando a funcionar na Praça XV de Novembro, esquina com a Rua Victor Meirelles, no centro de Florianópolis.  A mudança será necessária devido às obras de restauro do antigo prédio da Alfândega, localizado ao lado do Mercado Público Municipal.  Para realizar a transferência dos produtos e mobiliário, a Galeria do Artesanato ficará fechada entre os dias 20 e 27 de maio. 

O entorno da Casa da Alfândega passa por processo de revitalização desde o ano pasado. A obra também prevê a instalação de decks de madeira, de espelhos d’água com esguichos e de bancos de concreto com assentos de madeira e nova iluminação. Essa é uma ação Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) em parceria com a Prefeitura de Florianópolis.

Com a nova localização da Galeria, junto à  Praça XV de Novembro, o principal objetivo  da Fundação Catarinense de Cultura (FCC), órgão que faz sua administração, é preservar o artesanato de base cultural e a valorizar o saber fazer do povo catarinense. O horário de atendimento da Galeria do Artesanato permanecerá o mesmo, de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h30; e aos sábados, das 9h às 13h. A entrada é gratuita.

Sobre a Casa da Alfândega

A Casa da Alfândega, construída em estilo neoclássico, foi inaugurada em 29 de julho de 1876, data que coincidia com o aniversário da princesa Isabel. As atividades alfandegárias duraram mais de 90 anos, encerrando-se apenas em 1964 em decorrência do fechamento do porto de Florianópolis. O prédio passou, então, a sediar o arquivo da Receita Federal.

Mais tarde, entre 1977 e 1979, a edificação foi cedida ao Estado de Santa Catarina, restaurada e reinaugurada como sede do Museu Histórico de Santa Catarina, que permaneceu no local até 1986, e do Museu de Arte de Santa Catarina, que ficou no espaço até 1983. Após passar por obras de conservação em 1984, o prédio abriga, desde 1988, o projeto Galeria do Artesanato, comercializando trabalhos de artesãos oriundos de várias regiões do Estado, numa demonstração das várias etnias colonizadoras com suas habilidades genuínas.

 

 

Neste fim de semana o musical Toy Story - Entrando na Ond@ será apresentado no Teatro Álvaro de Carvalho (TAC), em quatro sessões: no sábado (dia 18), às 16h e às 18h e no domingo (dia 19) às 15h30 e às 17h30. 

Toy Story - Entrando na Ond@ é um musical que conta uma inédita saga de Toy Story. No espetáculo, os personagens Woody, Busz, Jessie, Barbie, Ken e seus amigos terão que aprender como lidar com a nova era da tecnologia. Bonnie finalmente ganha o tão esperado celular e seus brinquedos ficaram abandonados. O peça aborda as questões: Como lidar com essa nova forma de brincar? Será que os brinquedos serão esquecidos de vez?

O valor dos ingressos é de R$ 40,00 inteira e de R$ 20,00 meia-entrada.  A classificação indicativa é livre.

 

Toy Story - Entrando na Ond@ 

Dia 18 de maio de 2019, às 16h e às 18h
Dia 19 de maio de 2019, às 15h30 e às 17h30

 

A partir do próximo mês, o Museu Histórico de Santa Catarina (MHSC), sediado no Palácio Cruz e Sousa, recebe a mostra A arte de Gabriel Bonfim: De Fotografia à Tactography ™. A exposição foi pensada especialmente para deficientes visuais. As obras são feitas a partir da fotografia original e do escaneamento 3D em software de desenho assistido por computador e, posteriormente, impressas em relevo.

A ideia de fazer essas obras "visíveis aos cegos" surgiu em fevereiro de 2014 quando o fotógrafo Gabriel Bonfim realizou uma série de retratos do renomado tenor Andrea Bocelli e de sua família, em Istambul. Por causa da deficiência visual de Bocelli, não foi possível mostrar os retratos. Então, Gabriel e seu parceiro, Thomas Kurer, buscaram uma maneira de tornar as fotografias “visíveis” para os deficientes visuais.

A mostra ficará em cartaz no MHSC entre 06 de junho e 28 de julho de 2019.

Sobre a técnica

Depois de muito estudo em conjunto com escolas para deficientes visuais na Suíça e utilizando o método de impressão chamado estereolitografia, surgiu a “Tactography™”. Após esculpir a Tactography™ a partir da fotografia original e do escaneamento 3D em software de desenho assistido por computador, em várias etapas, o arquivo é enviado a uma impressora STL (stereo-lithography). A estereolitografia é um processo de fabricação aditiva, que funciona focando um laser ultravioleta (UV) em uma cuba de resina de fotopolímero. Com ajuda do software de desenho assistido por computador, o laser UV é usado para formar o desenho na superfície da cuba de fotopolímero. Como fotopolímeros são fotossensíveis sob luz ultravioleta, a resina é solidificada e forma uma camada única da Tactography™ desejada. Esse processo é repetido para cada camada do desenho até completar a Tactography™. Após a impressão, a tela recebe um spray branco, assegurando que ela também possa ser apreciada como arte por uma pessoa sem deficiência visual que a veja de longe. Em luz difusa, os observadores ficarão intrigados, sem saber se estão vendo uma imagem com sombras pintadas ou um relevo tridimensional.

Sobre o idealizador

Gabriel Bonfim nasceu em 15 de fevereiro de 1990 em São Paulo e revelou o amor pela arte desde cedo. Como fotógrafo de moda, desenvolveu sua habilidade profissional e técnica. Depois de alguns anos de aprendizado e viagens foi para a Suíça onde, juntamente com o entusiasta da arte e fotografia, Thomas Kurer, fundou a Gabriel Bonfim Collection. Em outubro de 2016, Gabriel Bonfim teve a oportunidade de mostrar a Tactography™ pela primeira vez a um grande público no Museu da Imagem e do Som de São Paulo. Na ocasião, foi exibida uma série de doze retratos do renomado tenor Andrea Bocelli, bem como uma série de nove retratos do jovem bailarino Denis Vieira, ambas em Tactography™. Além disso, pode ser vista uma pequena seleção de retratos coloridos e em preto e branco. A exposição foi visitada por 2.570 pessoas em 10 dias.

 

Serviço:
Mostra A arte de Gabriel Bonfim: De Fotografia à Tactography ™
Visitação: 06/06 a 28/07
Horário de atendimento: segunda a sexta-feira das 10h às 18h. Sábados, domingos e feriados das 10h às 16h.
Local: MHSC/Palácio Cruz e Sousa
Praça XV de Novembro, 227 - Centro, Florianópolis
Classificação indicativa: livre
Agendamentos de grupos devem ser feitos pelo telefone: 48 3665 6363.