FCC FacebookTwitterYoutube

Exposição Making Of 3

Categoria :
MIS
Data:
20/03/2019
Local
Museu da Imagem e do Som (MIS/SC) - Av. Gov. Irineu Bornhausen, 5600 - Agronômica, Florianópolis - SC, 88025-201
Brasil

Uma extinta e conhecida casa noturna de Florianópolis, o Underground, tem um de seus ambientes recriado para a terceira edição da exposição Making Of 3, produzida pelo Museu da Imagem e do Som (MIS/SC). A entrada é gratuita e a exposição segue aberta até o dia 12 de maio, com classificação indicativa recomendada para 12 anos.

Making Of apresenta objetos de cenas, fotografias, materiais inéditos de arquivo e pesquisa e outros itens usados na produção de cinco filmes catarinenses. Os filmes, que também estão em exibição na mostra, fazem parte do acervo do MIS/SC e foram produzidos com recursos do Edital Prêmio Catarinense de Cinema.

Dentre as produções escolhidas para esta edição, estão três documentários: Antonieta, de Flávia Person, sobre Antonieta de Barros (1901-1952), primeira negra a assumir um mandato popular no país; Larfiagem, de Gabi Bresola, a respeito de uma língua curiosa inventada por um grupo de crianças na década de 1950 e falada até hoje no município de Herval do Oeste (SC); e Aquela Mistura, de Lucas de Barros e Fábio Bianchini Mattos, que aborda o principal cenário da música underground de Florianópolis na virada do século - e cujo lançamento ocorrerá também dentro da programação da mostra, no dia 15 de março, com shows das bandas Os Cafonas e Eutha. Ainda estão representadas na exposição duas ficções que fazem uma espécie de “viagem no tempo”, proporcionada tanto por suas histórias, estéticas ou procedimentos narrativos, quanto pela descoberta de uma antiga fita VHS ou pelo imaginário pós-apocalíptico tão presente no audiovisual contemporâneo: Sal, de Danilo Mello, e Aniversário do Pedro, de Cíntia Domit Bittar.

Mais do que exibir os filmes e objetos utilizados nas gravações, a ideia é criar uma ambientação que remeta ao que é visto na tela e também ao que não se pode ver nela: o processo de realização de cada filme.

Larfiagem
Ombu Produção em parceria com Magnólia Produções, 2017.
Documentário, 19 min, Cor, Livre.
Engraxates, carregadores de malas e outras crianças de 7 a 15 anos de idade conviviam com viajantes da estação ferroviária de Herval d´Oeste nos anos de 1950. Para sobreviver, comprar gibis e ir ao cinema, driblar fiscais, policiais e até os próprios pais, inventaram uma língua própria. Hoje, décadas depois, a Larfiagem aparece como memória de seus últimos falantes, agora adultos, mas que ainda conhecem, ensinam e decifram os segredos de seus substantivos e pronomes.
Direção: Gabi Bresola | Ass. de Direção: Adriane Canan | Produção Executiva: Flávia Person | Ass. de Produção: Matias Eastman Boeing e Natália Poli | Produção local: Omar Dimbarre | Direção de Fotografia: Felipe Vernizzi | 2ª Câmera/Still: Fábio Brüggemann | Ass. de Fotografia: Tiajaru Verdi | Som direto: Marcelo Téo | Trilha: Dimitri Camorlinga e Jefferson Nefferkturu | Edição e Finalização: Alan Lagndon | Pesquisa: Dennis Radünz e Gabi Bresola

Antonieta
Ombu Produção em parceria com Magnólia Produções, 2016.
Documentário, 15 min, Preto e Branco, Livre
O documentário “Antonieta” aborda a trajetória de Antonieta de Barros (1901-1952), mulher, negra, professora, cronista, feminista e em 1935 se tornou a primeira negra a assumir um mandato popular no país.
Direção: Flávia Person | Montagem: Yannet Briggiler | Edição de Som e Trilha Sonora: Diogo de Haro | Pesquisa e Consultoria Histórica: Fausto D. Corrêa Jr. | Ass. de Produção: Gabi Bressola e Matias Eastman | Preparação Vocal: Barbara Biscaro | Edição de Texto: Fábio Brüggemann | Mixagem: Diogo de Haro e Paulo C. Franco (Estúdio Ouié) | Ass. de Comunicação: Barbara Pettres

Sal
Independente, 2017.
Ficção, 19min, Cor, Livre.
Depois de viver muito tempo sozinho, Sal encontra um jovem desacordado na beira da praia. Enquanto explica ao jovem o que ocorreu com o mundo, Sal descobre que o passado não está tão distante assim.
Roteiro e Direção: Danilo Mello | Ass. de Direção: Samara Hartt | Produção: Danilo Mello e Samara Hartt | Direção de Fotografia: Felipe Tonin | Ass. de Fotografia: Lucas Tesser e Michele Diniz | Direção de Arte: Samara Hartt | Figurino: Samara Hartt e Ariel Schloegel | Continuísta: Vanessa Gasparelo | Maquinária: Leonardo Sagaz | Maquiagem: Ariel Schloegel | Técnico de Som: Gabriel Dutra | Fotografia Still: Carolina Arruda | Logger: Michele Diniz | Edição e Finalização: Danilo Mello | Correção de Cor: Danilo Mello e Felipe Tonin | Efeitos Visuais: Danilo Mello | Edição de Som: Gabriel Dutra | Trilha Sonora e Musical: Gabriel Dutra

Aquela Mistura
Lucas de Barros e Fábio Bianchini, 2019.
Documentário, 68 min, Cor, 12 anos
Na segunda metade dos anos 90, em Florianópolis, existiram dois bares que foram referências para toda uma cena musical independente no estado; o histórico e polêmico "Trópicos" que se transformou no mitológico "Underground Rock Bar" (popular bar do Franck) - símbolos de um original movimento cultural e comportamental que desafiou estereótipos e padrões atribuídos a uma cidade quase nunca associada ao cenário independente roqueiro.
Direção: Lucas de Barros e Fábio Bianchini Mattos | Produção: Carol Gesser e Fábio Bianchini

Aniversário de Pedro
Novelo Filmes, 2017
Ficção, 10 min, Stereo, Cor, Livre
O registro em VHS do aniversário dos 9 anos de Pedro ganha uma camada perturbadora quando sua irmã Rúbia usa a mesma fita para tentar gravar aquilo que assombra a casa onde vivem.
Direção e Roteiro: Cíntia Domit Bittar | Produção Executiva e Direção de Produção: Ana Paula Mendes | Ass. de Produção: Marino Mondek e Maria Augusta V. Nunes | Direção de Fotografia: Marx Vamerlatti | Câmera: Marx Vamerlatti e Chico Caprário | Ass. de Câmera: Lucas de Barros | Som Direto: Nivaldo Oliveira | Produção de Arte: Maria Fernanda Bin, Ana Paula Mendes e Maria Augusta V. Nunes | Cabelo: Leila Marice | Maquiagem: Ingrid Romancini | Consultoria Pós-Produção: Lucas de Barros | Montagem e Finalização: Cíntia Domit Bittar

Sobre as bandas

Eutha: a banda Eutha (ex-Euthanasia) está completando 27 anos em 2019. O primeiro ensaio foi no Carnaval de 1992, em São José, na Grande Florianópolis. Representando a velha guarda do som pesado de Floripa, Eutha tem um repertório de hardcore old school, metal e punk, com influências de elementos do hip-hop, reggae, funk70, grindcore, death metal, música eletrônica e industrial, e letras que abordam o cotidiano. A banda é formada por Marcelo Mancha (baixo e voz), Jean Martins (guitarra e voz), Heráclito Maia (percussão, sampler e voz), e Johnny Duluti (bateria e voz).

Eutha já dividiu o palco com bandas como os nova iorquinos do Dog Eat Dog, os texanos do World Burns to Death, os californianos do Good Riddance e do The Adolescents, a lenda punk hardcore Riistetyt da Finlândia e ainda Vitamin-X e Terrorgroupp da Holanda. Do cenário nacional, destaque para shows com Ratos de Porão, BNegão, Sepultura, Pavilhão 9, Dead Fish, Garotos Podres, Marcelo D2, Raimundos, entre outras.

The Dolls: a banda nasceu e aprendeu a tocar no Underground Rock Bar. Foi lá que fizeram seus primeiros ensaios e os primeiros shows e eram uma das principais atrações da casa. Tocam um rock visceral, inspirado no protopunk.

Superbug: estava no palco no primeiro show do Trópicos e no último do Underground. O quarteto faz uma espécie de punk preguiçoso e pop.

Os Cafonas: são os reis do trunk'a'billy de Florianópolis, até porque só eles tocam esse negócio: rock'n'roll divertido e dançante com letras sobrenaturais e surreais.

Serviço:

O quê: Exposição Making Of 3
Onde: Museu da Imagem e do Som de Santa Catarina (MIS) - Localizado no Centro Integrado de Cultura (CIC)
Av. Gov. Irineu Bornhausen, 5600 - Agronômica - Florianópolis (SC)
Visitação: de 13/03 a 12/05/2019. De terça-feira a domingo, das 10h às 21h.
Classificação indicativa: 12 anos
Entrada gratuita
Mais informações: (48) 3664-2650

 
 

Todas as Datas:

  • De 13/03/2019 até 12/05/2019
    Domingo, Terça, Quarta, Quinta, Sexta & Sábado

Fornecido por iCagenda