FCC FacebookTwitterYoutube

CIC 8:30 - Comemoração dos 100 anos de Jacob do Bandolin

Categoria :
TAR
Data:
10/10/2018 20:30
Local
Teatro Ademir Rosa - Av. Gov. Irineu Bornhausen, 5600 - Agronômica, Florianópolis - SC, 88025-200
Brasil

CIC 8: 30 - Grandes Encontros
Homenagem aos 100 anos de Jacob do Bandolim

O Choro é um gênero musical que surgiu no Brasil no fim do século XIX e atualmente conta com um dos maiores e ricos repertórios da música instrumental brasileira. Uma das principais referências para o gênero é Jacob do Bandolim que, em 2018, completaria 100 anos.

São muitas composições e interpretações que comprovam a genialidade e a singularidade de Jacob do Bandolim, inovador e criador de uma forma brasileira de tocar o bandolim. Nesse contexto, os “Bandolins do Sul” representados por Geraldo Vargas (SC), Elias Barboza (RS) e Daniel Migliavacca (PR) se juntam em 2018 para celebrar o centenário de Jacob do Bandolim com uma apresentação produzida a partir de um repertório representativo do mais importante bandolinista brasileiro: Jacob do Bandolim.

Geraldo Vargas (Florianópolis/SC) vem desde a década de 1980 se dedicando ao repertório de Choro e possui dois CDs autorais: Sarau no Ribeirão (Acari Records, 2002) e Vila do Desterro (2009). Atualmente, além das apresentações, Geraldo se dedica à elaboração de arranjos e regência da Orquestra de Choro Campeche, composto por alunos da Escola Livre de Música de Florianópolis, projeto oferecido pela Prefeitura Municipal de Florianópolis para a formação profissionalizante de músicos.

Elias Barboza (Porto Alegre/RS) compôs três concertos para conjunto regional e orquestra: Suíte do Choro Contemporâneo, Fantasia Jacobeana e Choro Sinfônico. Lançou um CD, juntamente com Regional Ponto a Ponto “Puro Sentimento” (2012), que obteve quatro indicações ao Prêmio Açorianos de Música. Seu mais recente CD, “Luminoso”, foi lançado em 2018 com seu grupo Elias Barboza Quinteto. Elias Barboza também atua como professor da Oficina de Choro do Santander Cultural e integra junto com os outros docentes o Sexteto Gaúcho.
Daniel Migliavacca (Curitiba/PR) Bandolinista e compositor, Bacharel em Música Popular pela UNESPAR, em Curitiba, e aluno do curso do programa de Mestrado Profissional da UFRJ. Daniel desenvolve diversos trabalhos atuando em várias frentes da música, destacando o choro, samba, jazz, música erudita e contemporânea. Possui quatro CDs lançados: “Bandolim” (2009), “Divertimento” (2011), em parceira com a pianista e cravista Elizabeth Fadel, “Tocando à vontade” (2013) e “Daniel Migliavacca interpreta Walter Scheibel” (2016) com choros e valsas inéditas do compositor catarinense radicado em Curitiba-PR.

Orquestra de Choro Campeche foi criada no Núcleo Campeche da Escola Livre de Artes de Florianópolis, projeto realizado pela Fundação Franklin Cascaes e coordenada pelo bandolinista Geraldo Vargas. É composta por estudantes de música e, nos ensaios semanais da Orquestra, dedicam-se à execução de arranjos, ao estudo e à análise de melodias e harmonias, aos ritmos e interpretações dentro do repertório de choros, maxixes, schotchies, samba-choro, polcas e valsas de grandes compositores do estilo.

 
 

Todas as Datas:

  • 10/10/2018 20:30

Fornecido por iCagenda