FCC FacebookTwitterYoutube

Logo GOV SC 2019 Colorido

Terminam no próximo dia 31 de janeiro as inscrições para a 10ª Semana Nacional de Museus, promovida pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), em parceria com instituições museológicas de todo o país. O evento ocorrerá entre os dias 14 e 20 de maio, com o tema Museus em um Mundo em Transformação – novos desafios, novas inspirações.

As inscrições devem ser feitas pela página http://eventos.museus.gov.br/. Primeiramente, deve-se fazer a inscrição do museu ou entidade cultural. Depois, a inscrição das ações a serem realizadas, como seminários, exposições, oficinas, espetáculos musicais, de teatro e de dança, mesas-redondas, visitas guiadas, exibições de filmes, entre outras. A efetiva participação do museu se dará apenas com a inscrição de uma ou mais atividades.

A Semana Nacional de Museus acontece anualmente para comemorar o Dia Internacional de Museus (18 de maio). A realização das ações e atividades fica sob a responsabilidade da própria instituição que as inscrever, bem como a viabilização para seu desenvolvimento. A instituição que tiver alguma dúvida ou quiser mais informações pode mandar email para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou ligar para (61) 2024-4122 ou 2024-4135.

Três museus cadastrados no Sistema Estadual de Museus de Santa Catarina (SEM/SC), setor subordinado à Diretoria de Preservação do Patrimônio Cultural da Fundação Catarinense de Cultura (FCC), foram contemplados pelo edital Modernização de Museus do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram). "O benefício oferecido aos nosso museus pela política de editais do governo federal é muito bem-vindo. Nossa intenção é incentivar, cada vez mais, a modernização do espaço museal", opina Joceli de Souza, presidente da FCC.

Outras seis instituições museológicas do Estado fazem parte da lista de reserva e podem receber o apoio do Programa de Fomento aos Museus, do Governo Federal, em 2012. O edital dará apoio financeiro à modernização das instituições museológicas.

Os contemplados

Entre os catarinenses vencedores do edital estão o Museu Carlos Lampe, de Rio Negrinho; o Museu Professor Oswaldo Rodrigues Cabral, de Florianópolis; e o Museu Arqueológico de Sambaqui, de Joinville. Na lista de espera estão Museu Municipal Ministro Andréas Thales, de Treze Tílias; Museu de Arte de Joinville; Museu Histórico Municipal Pedro Lorenzoni, de Pinheiro Preto; Museu do Milho, de Xanxerê; Museu Paleo-Arqueológico e Histórico Prefeito Bertoldo Jacobsen, de Taió; e Museu Victorino Affonso Lenhardt, de Saudades.

"Nos últimos anos, a área de fomento a museus tem crescido bastante em virtude da demanda por qualificação no setor. Essa é uma grande conquista para Santa Catarina e mostra a qualidade dos projetos contemplados", avalia o coordenador do SEM/SC”, Maurício Rafael.

Novos museus

Além do Mordernização de Museus, o Ibram também contemplou Santa Catarina com a implantação de duas novas instituições, dentro do edital Mais Museus. As cidades de Formosa do Sul e Caxambu do Sul, ambas na região Oeste do Estado, estão na lista dos 17 projetos escolhidos pelo órgão federal em todo o país. Entre os critérios atendidos, as cidades contempladas deveriam ter até 50 mil habitantes e ainda não contarem com museus instituídos.

Mais informações podem ser obtidas no site do Ibram: www.museus.gov.br.

Fonte: Assessoria de Imprensa FCC

A Fundação Catarinense de Cultura (FCC), por meio do Sistema Estadual de Museus de Santa Catarina (SEM/SC), apoia a realização do III Ciclo de Palestras Memória e Imagem. O evento ocorrerá no dia 1 de dezembro, no Teatro do Centro Educacional Menino Jesus (CEMJ), em Florianópolis.

A programação do ciclo começa com palestra a respeito do SEM/SC e da Casa da Memória de Florianópolis. O dia ainda terá palestras a respeito da implantação, organização e conservação do memorial do CEMJ.

Interessados em participar do evento devem confirmar presença até o dia 25 de novembro pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou no site do Memorial: www.memorialdocemj.org.br . A programação completa está disponível no arquivo anexo ao lado desta matéria.

Serviço:

O que: III Ciclo de Palestras Memória e Imagem
Quando: 01/12/2011, das 9h às 16h
Onde: Centro Educacional Menino Jesus - Rua Esteves Junior, 696 - Centro - Florianópolis
Mais informações: (48) 3251-1922 / 3251-1900

Fonte: Assessoria de Imprensa FCC

Em comemoração pelo aniversário de 25 anos do Centro de Memória do Oeste de Santa Catarina (CEOM/Unochapecó), será lançado nesta sexta-feira (11/11) o livro Antes do oeste catarinense: arqueologia dos povos indígenas. O evento ocorrerá no Salão de Atos da Unochapecó - Campus Chapecó, a partir das 19h30min.

A programação inclui ainda uma conferência com um dos primeiros arqueólogos a pesquisar o Oeste catarinense, Dr. Pedro Ignácio Schmitz, do Instituto Anchietano de Pesquisas/UNISINOS. O estudioso irá falar sobre a arqueologia dos povos Jê e suas casas subterrâneas em Santa Catarina.

Serviço:

O que: Lançamento do livro Antes do oeste catarinense: arqueologia dos povos indígenas
Quando: 11/11/2011, a partir das 19h30min
Onde: Salão de Atos da Unochapecó - Campus Chapecó

Fonte: Assessoria de Imprensa FCC

 

Nos meses de março, abril e maio foram entregues os documentos e material de divulgação do Inventário dos Bens Móveis Sacros – Etapa 2, às comunidades de seis municípios catarinenses.

O objetivo deste Inventário é o conhecimento, o registro e a proteção dos bens móveis de valor histórico, artístico e cultural, pertencentes ao acervo sacro reunido nas igrejas tombadas pelo Estado.

 

Na Etapa 1, foram inventariados os bens de cinco igrejas tombadas pelo Estado, a saber: Igreja Matriz de São José – São José; Igreja da Ordem Terceira de São Francisco da Penitência – Florianópolis; Igreja de São Francisco de Paula – Canasvieiras, Florianópolis; Capela de São João Batista - Rio Vermelho, Florianópolis; Igreja de Nossa Senhora Rosário – Enseada de Brito, Palhoça.

 

Este trabalho, que foi coordenado pelo Ateliê de Conservação-Restauração de Bens Culturais Móveis – ATECOR, da Diretoria de Preservação do Patrimônio Cultural da Fundação Catarinense de Cultura, é um importante instrumento de proteção contra roubo, evasão, destruição ou descaracterização desses bens.

 

As entregas da Etapa 2 tiveram lugar nas seguintes datas e Igrejas:

 

29/03/11

  • Igreja Nosso Senhor do Bonfim – São José;

13/04/11

  • Igreja Bom Jesus dos Aflitos – Porto Belo;

  • Capela de Santo Amaro – Balneário Camboriú;

26/04/11

  • Catedral Diocesana Nossa Senhora dos Prazeres – Lages;

03/05/11

  • Igreja Matriz do Santíssimo Sacramento e Igreja Nossa Senhora da Conceição - Itajaí;

  • Igreja de São João Batista – Penha.

 

Além dos Párocos e representantes dos conselhos paroquiais, foram convidados também, responsáveis pela cultura e preservação do patrimônio, ligados às prefeituras, sendo doados para cada igreja e município aproximadamente 600 exemplares de uma publicação que explica o trabalho, com fotos das as principais obras de arte sacra encontradas em cada igreja, para distribuição nas comunidades.

 

Para a Etapa 3 estão previstas as seguintes Igrejas:

 

Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição – Urussanga;

Igreja do Senhor Bom Jesus do Socorro - Distrito de Pescaria Brava/ Laguna; Igreja de São Joaquim – Garopaba;

Igreja de Sant'Ana - Vila Nova - Imbituba;

Igreja Nossa Senhora da Piedade - Armação da Piedade/Governador Celso Ramos.

 

Fátima Regina Althoff – 26/05/2011

Coordenadora do Projeto

ATECOR