FCC FacebookTwitterYoutube

A obra Parque de Diversões, da artista Djanira Motta e Silva, pertencente ao acervo do Museu de Arte de Santa Catarina (MASC) fará parte da mostra Djanira: a memória de seu povo, que abre ao público em 1º de março, no Museu de Arte de São Paulo (MASP). O empréstimo foi concedido através de um termo de cessão de uso de bem móvel entre a Fundação Catarinense de Cultura e o MASP.

A exposição, primeira do ciclo temático "Histórias das mulheres, histórias feministas”, questiona as narrativas tradicionais da história da arte, colocando em evidência as narrativas e os trabalhos de mulheres artistas que, de modo deliberado ou não, foram ignoradas ao longo dos séculos. A mostra da artista modernista brasileira (Avaré-SP, 1914 – Rio de Janeiro, 1979) tem curadoria de Isabella Rjeille e Rodrigo Moura. Em junho, a obra será exibida também na Casa Roberto Marinho, no Rio de Janeiro.


Ficha técnica da obra:
Artista: Djanira da Motta e Silva
Título: "Parque de Diversões", sem data
Óleo sobre tela
60 x 73 cm