FCC FacebookTwitterYoutube

O projeto "A hora e a voz da mulher no cinema" (UFSC), coordenado pela professora Alessandra Brandão, apresenta, pela primeira vez em Santa Catarina, o filme Burkinabè rising: a arte da resistência em Burkina Faso, dirigido por Iara Lee, realizadora e ativista brasileira radicada em Nova Iorque, e também fundadora do Cultures of Resistance Network.

O documentário aborda o universo de resistência através da arte e da vida comum na Burkina Faso do presente, considerando, no contexto histórico atual, as formas de engajamento que são em muito inspiradas e mobilizadas pelo espírito ativista do líder revolucionário Thomas Sankara, assassinado em 1987. No mês em que se comemora no Brasil o Dia Nacional da Consciência Negra, o filme de Iara Lee oferece uma poderosa imagem da cultura burquinense, em que a música, o cinema, o grafite, a poesia, a arquitetura e mesmo a ecologia se articulam, projetando para o mundo a força que emerge do entrelaçamento entre a arte e a vida em comum.

O evento contará com a presença das professoras Miriam Pillar Grossi (UFSC) e Ramayana Lira de Sousa (UNISUL) como debatedoras. A sessão é gratuita e aberta a todo o público.

Serviço:

Filme: Burkinabè rising: a arte da resistência em Burkina Faso
Título original: Burkinabè Rising: the art of resistência in Burkina Faso
Direção: Iara Lee
Ano: 2018
Duração: 71minutos
Gênero: Documentário.

Data: 06/11/18
Horário: 19h
Local: CIC - Sala de Cinema do CIC - Av. Gov. Irineu Bornhausen, 5600 - Agronômica, Florianópolis - SC, 88025-201.