FCC FacebookTwitterYoutube

A Fundação Catarinense de Cultura (FCC) divulgou no dia 12 de agosto de 2009 os nomes dos dez títulos selecionados pelo Edital de Aquisição de Livros - Cocali. A seleção (veja abaixo) contemplou diferentes gêneros, como romance, conto, poesia e literatura infanto-juvenil. Através do edital, o Governo do Estado vai adquirir 300 exemplares de cada título e distribuí-los para bibliotecas públicas municipais.

"A aquisição e a distribuição de livros são de grande importância para a difusão da literatura catarinense. Com esse edital, o Estado atua como um mediador entre nossos autores e a população, que muitas vezes tem pouco ou nenhum acesso aos bens literários", afirma a presidente da FCC, Anita Pires, que fez a divulgação dos nomes ao lado da diretora de Difusão Artística da FCC, Mary Garcia, e do deputado estadual Sérgio Grando.

As 172 obras inscritas foram avaliadas pela Comissão Catarinense do Livro (Cocali). Os livros escolhidos serão comprados pela Fundação Catarinense de Cultura com desconto de 50% no preço de capa. Devido à qualidade, alguns títulos não selecionados ficaram automaticamente inscritos para a próxima edição do edital, que será lançado até outubro deste ano.

Criada em 1992 e regulamentada em 1996, a lei nº 8759, conhecida como Lei Grando, estabelece a obrigatoriedade da aquisição de livros de autores catarinenses por parte do poder público estadual com a finalidade de municiar as bibliotecas públicas municipais. Já a Comissão Catarinense do Livro (Cocali) foi criada através do decreto nº 841, de 7 de maio de 1996.

Os atuais membros da Cocali foram selecionados e nomeados pelo governador Luiz Henrique da Silveira a partir de uma lista tríplice fornecida por cada instituição para o mandato de um ano. A comissão é composta por representantes da Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte, Fundação Catarinense de Cultura, Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), Academia Catarinense de Letras, Instituto Histórico e Geográfico de Santa Catarina, União Brasileira de Escritores / Santa Catarina, além de um renomado escritor.

As inscrições para o Edital de Aquisição de Livros - Cocali ficaram abertas entre 08 e 26 de junho e eram exclusivas para autores catarinenses ou residentes há mais de dez anos em Santa Catarina.

Obras Selecionadas*

Palavras do Xeramõi (Adão Karai Tataendy Antunes)

Relatos de sonhos e lutas (Amílcar Neves)

Caro Rimbaud (C. Ronald)

A Ira das águas (Edla Van Steen)

Beatriz em trânsito (Eloí Elisabet Bocheco)

Alice passou por aqui... (Miriam Portela)

Todas as casas (Roberto Gomes)

Aço e nada (Rubens da Cunha)

Melhores contos de Salim Miguel (Salim Miguel)

Olho e fôlego (Vinícius Alves)

* A lista segue a ordem alfabética do nome dos autores. Não há ordem de seleção.

Membros da Comissão Catarinense de Livros (Cocali)


Marco Vasques (SOL)
Jayro Schmidt (Fundação Catarinense de Cultura)
José Roberto Oshea (UFSC)
Gisela Eggert Steindel (Udesc)
Júlio de Queiroz (Academia Catarinense de Letras)
Dennis Radünz (União Brasileira de Escritores / Santa Catarina)
Augusto César Zeferino (Instituto Histórico e Geográfico de Santa Catarina)

Péricles Prade (escritor)

Mais informações: (48) 3953-2396 / Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Foto: Mary Garcia e Anita Pires na divulgação dos selecionados

_________________________________________________________

EDITAL PARA AQUISIçãO DE LIVROS - COCALI

1. DO OBJETO

1.1 Constitui objeto deste edital selecionar e adquirir obras de autores catarinenses ou residentes há mais de dez anos em Santa Catarina.

1.2 As obras adquiridas serão destinadas a bibliotecas públicas municipais catarinenses.

1.3 Serão selecionadas até dez (10) obras, que terão 300 exemplares de suas tiragens compradas e distribuídas pela Fundação Catarinense de Cultura.

1.4 Os exemplares serão adquiridos por 50% do valor de capa dos mesmos.

2. DA INSCRIçãO

2.1 Somente serão aceitas inscrições de obras publicadas de 2004 até 2009.

2.2 O autor poderá inscrever mais de uma obra.

2.3 é vedada a inscrição feita diretamente por editoras.

2.4 Os concorrentes deverão entregar pacote contendo:

2.4.1 Nove (09) exemplares da obra;

2.4.2 Folha contendo nome completo do autor, endereço residencial, telefones para contato, endereço eletrônico e valor de capa da obra inscrita;

2.4.3 Cópia da carteira de identidade ou da certidão de nascimento ou da certidão de casamento;

2.4.4 Documento assinado pelo concorrente e com firma reconhecida em cartório declarando que reside há mais de dez anos em Santa Catarina, no caso do concorrente não ser catarinense;

2.4.5 Documento assinado pela editora autorizando o desconto de 50% no preço de capa para aquisição pela Fundação Catarinense de Cultura, caso a obra seja selecionada neste edital.

2.5 As inscrições são gratuitas.

3. DO PRAZO E LOCAL DE INSCRIçõES

3.1 As inscrições estarão abertas entre 08 e 26 de junho de 2009.

3.2 O pacote deverá estar endereçado para:

Fundação Catarinense de Cultura

Edital de Aquisição de Livros - COCALI

Av. Governador Irineu Bornhausen, 5.600,

Agronômica, Florianópolis - SC

CEP: 88025-202

3.3 As inscrições poderão ser feitas nos dias úteis, das 13h às 19h, diretamente no setor de protocolo da Fundação Catarinense de Cultura, no endereço citado no item 3.2.

3.4 Serão admitidas inscrições pelo Correio, desde que feitas exclusivamente via SEDEX.

3.5 Para as inscrições pelo Correio, serão consideradas a data e hora da postagem.

3.6 Não serão aceitas inscrições apresentadas fora do período estabelecido no item 3.1 deste edital.

4. DA SELEçãO

4.1 As obras serão avaliadas e selecionadas pela Comissão Catarinense do Livro (COCALI), composta por nove (09) membros.

4.2 A seleção será concluída no prazo máximo de trinta (30) dias, a contar da data de término das inscrições.

4.3 Os títulos das obras selecionadas e os nomes de seus autores serão divulgados no site da Fundação Catarinense de Cultura (www.fcc.sc.gov.br).

4.4 A decisão da Comissão Catarinense do Livro (COCALI) é irrecorrível.

5. DAS DISPOSIçõES GERAIS

5.1 A inscrição da obra implica prévia e integral concordância com as normas deste edital.

5.2 Os exemplares encaminhados para análise não serão devolvidos e, após a divulgação do parecer final da Comissão Catarinense do Livro (COCALI), passarão a integrar o acervo da Biblioteca Pública de Santa Catarina.

5.3 Livros financiados pelo Governo do Estado de Santa Catarina não poderão ser inscritos neste edital.

5.4 Funcionários da Fundação Catarinense de Cultura, da Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte e os membros da Comissão Catarinense do Livro (COCALI) não poderão participar deste edital.

5.5 Os casos omissos serão decididos pela Comissão Catarinense do Livro (COCALI).

Florianópolis, 04 de junho de 2009.

Anita Pires

Presidente da Fundação Catarinense de Cultura